quarta-feira, 9 de novembro de 2011

evento - Tertúlia sobre Charutos e Aguardentes



Dia 9 | quarta-feira




Piano-bar

21h30







Tertúlia sobre Charutos e Aguardentes



O prazer de um encontro

Uma ligação perfeita

Charutos e Aguardentes

Juntos. Numa experiência de prazer.

Acompanhe-nos nesta viagem pelos sentidos, sinta o momento e deixe o tempo parar.



Participantes:

Moderador:

Manuel Serrão



Convidados:

Júlio Magalhães,

Sérgio Oliveira (Casa Havaneza)

Manuel Soares (enólogo da Aveleda)



Parceria Aveleda e Casa Havaneza





Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/



Dia 9 | quarta-feira




Piano-bar

21h30







Tertúlia sobre Charutos e Aguardentes



O prazer de um encontro

Uma ligação perfeita

Charutos e Aguardentes

Juntos. Numa experiência de prazer.

Acompanhe-nos nesta viagem pelos sentidos, sinta o momento e deixe o tempo parar.



Participantes:

Moderador:

Manuel Serrão



Convidados:

Júlio Magalhães,

Sérgio Oliveira (Casa Havaneza)

Manuel Soares (enólogo da Aveleda)



Parceria Aveleda e Casa Havaneza





Clube Literário do Porto

Rua Nova da Alfândega, nº 22

4050-430 Porto

Tel. 222 089 228

Fax. 222 089 230

Email: clubeliterario@fla.pt

URL: www.clubeliterariodoporto.co.pt

http://clubeliterariodoportofla.wordpress.com/

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Curso - O VINHO E A CULTURA FRANCESA



Escola São Paulo abre inscrições para o curso

O VINHO E A CULTURA FRANCESA

com Josimar Melo

dia 21 e 28 de outubro – sextas-feiras



O VINHO E A CULTURA FRANCESA



O curso apresenta o bom vinho como

um grande símbolo da França e que
está amplamente relacionado aos momentos históricos do país, mas, essencialmente,

figura como um de seus principais símbolos culturais. O curso discute essa importância

cultural e comenta as regiões produtoras da bebida.

Durante o curso haverá uma degustação de vinhos escolhidos pelo professor.

O curso será realizado na importadora de vinhos Grand Cru, localizada na Rua Bela Cintra, 1799 - São Paulo – SP.



Preço: R$ 150 + 1 parcela de R$ 150

Data: 21 e 28 de outubro (6ª)

Horário: 19h30 às 21h30

2 aulas | 4 horas

Inscrições e Informações:

Escola São Paulo

Rua Augusta, 2239

(11) 3060.3636

www.escolasaopaulo.org



Professor:

Josimar Melo

O jornalista Josimar Melo, criador de importantes eventos da gastronomia brasileira e presidente do Júri da América Latina da eleição dos 50 melhores restaurantes do mundo, é crítico de gastronomia da Folha de São Paulo e sócio-diretor do portal gastronômico Basilico. Josimar colabora também com diversas outras publicações, além de lançar anualmente, desde 1992, novas edições do "Guia Josimar Melo". É autor dos livros "Berinjela se Escreve com J" e "Folha explica a cerveja".

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

evento -Programa literário debate homossexualismo no livro Bom-Crioulo


Programa literário debate homossexualismo no livro Bom-Crioulo, do escritor cearense Adolfo Caminha



O Literatura em Revista, programa de apreciação e difusão literária do Centro Cultural Banco do Nordeste, debaterá a temática do homossexualismo no livro Bom-Crioulo, publicado em 1887 pelo escritor cearense Adolfo Caminha.

Com entrada franca, o tema será apresentado pela pesquisadora paraibana Cícera Araújo de Sousa, na próxima terça-feira, 27, às 18 horas, no cineteatro do CCBNB-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - 2º andar - Centro - fone: (85) 3464.3108).

Nesta edição, Cícera Araújo de Sousa revisitará as crítica que Adolfo Caminha teceu em "Bom-Crioulo", um livro inovador que evidenciou a temática homossexual em uma das instituições mais elevadas do País - a Marinha - em pleno século XIX.

Com sua escrita naturalista, o autor mostrou os desconcertos de uma nação jovem, juntamente com a hipocrisia de uma sociedade baseada nas relações de poderes centralizadores.

Tendo estado a bordo das viagens na época em que prestou serviço para a Marinha, Adolfo Caminha revelou ficcionalmente as humilhações físicas e psicológicas a que eram submetidos os marinheiros.

Em meio à tripulação, os leitores encontrarão personagens não-convencionais, expostos ao preconceito homossexual e à discriminação racial, questões tão atuais em pleno século XXI, que serão levantadas e debatidas com o público presente ao Literatura em Revista.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

evento - TRIXMIX Edição de 24 de Setembro



Projeto reúne conceituados artistas

da nova cena circense, burlesca e cômica,

quinzenalmente, aos sábados, no Estúdio Emme.

TRIXMIX

Edição de 24 de Setembro



“SEXY AND AUDACIOUS” Time Out SP

“SURPREENDENTE E DIVERTIDO” Época SP

“ATMOSFERA DA BELLE EPOC” Veja Online

“O CABARÉ MAIS BADALADO DE SÃO PAULO” Estadão





Cheesecake – Pin up, burlesque, strip chic. Uma das atrações da noite estreia



O Trixmix é projeto que reúne no mesmo show

consagrados artistas da cena circense,

burlesca e cômica da atualidade,

para apresentações autorais.





TRIXMIX 2011

Edição 24 de Setembro

ELENCO TRIXMIX 2011





Palhaça Rubra e Banda

Para comandar o show, os mestres do humor e do improviso







Marcelo Lujan

Funambulista, malabarista e músico, com seu surpreendente número de equilíbrio







Cheesecake

Stripchic com toda classe e sensualidade







Stefany di Bourbon

E sua famosa e hilariante performance de “Whitney Houston”



4 - Stefany di Bourbon.jpg



Alisson Lima

Bailarino pernambucano com especialidade em frevo







Gabriella Argento

Humor e muita alegria com a palhaça Du Porto







Cínthia Beranek

Acrobata aérea com passagem pelo Soleil e seu número na lira







Solas de Vento

Mostra o encantador “Caleidoscópio”







TRIXMIX

2 edições mensais

Segundo e quarto sábados do mês



24 DE SETEMBRO

8 E 22 DE OUTUBRO

12 E 26 DE NOVEMBRO

10 DE DEZEMBRO



Abertura da casa: 20h00 com dj e drinks

Início do Show: pontualmente às 21h

Duração do espetáculo: 90 minutos

Local: Estúdio Emme
Av. Pedroso de Moraes, 1036

Recomendação: 18 anos

INGRESSOS: R$ 50,00

Antecipados: www.compreingressos.com

Tel: 11. 2626.5835

Capacidade: 300 lugares

Estreou dia 13 de agosto
Entrada e assentos para deficientes / Serviço de Bar
Estacionamento:
R$ 15,00 - serviço de valet.

domingo, 18 de setembro de 2011

Lançamento - POR QUE AS MULHERES FAZEM SEXO



POR QUE AS MULHERES FAZEM SEXO
de David M. Buss Ph.D., Cindy M. Meston Ph.D.


Páginas: 296


O pessoal do Somos (que atua a mais de dez anos na produção e difusão cultural LGBT ) questionou - Mulheres fazem sexo para quê? Essa é fácil, para procriar e sentir prazer, oras. Esse é o discurso combinado e aceito pela sociedade, certo? Mas a bem da verdade é que elas descobriram (faz algum tempo) novas utilidades e ganhos com sua prática.


E foram mais longe ao indicar este livro, ...de acordo com os pesquisadores, uma imensa gama de interesses está embutida na "modalidade", desde seu uso para conquistar status social, vingança e serve até como moeda de troca para determinados serviços (ficou curioso?).

O LIVRO
Você acha que as mulheres fazem sexo apenas para expressar amor, para ter prazer ou para ter filhos? Quando a psicóloga clínica Cindy M. Meston e o psicólogo evolucionista David M. Buss uniram forças para pesquisar as motivações sexuais das mulheres, o que descobriram deixou-os completamente perplexos! Com base em sua pesquisa pioneira sobre reações fisiológicas e emocionais, bem como num meticuloso estudo baseado nos depoimentos de mais de mil mulheres realizado exclusivamente para este livro, os autores revelam os motivos que orientam as decisões sexuais das mulheres. Reproduzindo as palavras das próprias mulheres e com o apoio de sólidas evidências científicas, os autores examinam o uso do sexo como: tática defensiva contra a infidelidade do parceiro; meio de ganhar mais status social; moeda de troca por prestação de serviços; remédio para dor de cabeça e até mesmo usado como vingança! Por que as mulheres fazem sexo é o trabalho mais rico e profundo realizado até hoje sobre a sexualidade feminina. Um livro indispensável para qualquer pessoa interessada em saber mais sobre a relação das mulheres com o sexo e o erotismo de forma geral.



OS AUTORES
Cindy M. Meston, Ph.D., é uma das mais destacadas pesquisadoras da sexualidade feminina em todo o mundo e professora de Psicologia Clínica na Universidade do Texas, Austin, onde dirige o Laboratório de Psicofisiologia Sexual, uma das principais instituições de pesquisa avançada no mundo sobre experiência sexual feminina. David M. Buss, Ph.D., um dos fundadores da Psicologia Evolucionária, é professor na Universidade do Texas, Austin, e autor de mais de 200 artigos científicos e de vários livros de sucesso, além de ganhador de diversos prêmios, entre eles o da American Psychological Association, a maior organização científica e profissional dos Estados Unidos. O artigo que redigiu com Cindy Meston, "Why Humans Have Sex", teve repercussão internacional e foi publicado nos Archives af Sexual Behaviar, a publicação oficial da International Academy of Sex Research.



UM LANÇAMENTO

quarta-feira, 31 de agosto de 2011



II Mostra de Teatro Despudorado proporciona aos espectadores a vivência de universos marginalizados


Proporcionar que os espectadores dos espetáculos vivenciem um pouco de universos marginalizados tão desconhecidos e desprezados pela sociedade. É esse o objetivo da II Mostra de Teatro Despudorado, que o Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 - Centro - fone: (85) 3464.3108) realizará nos dias 3, 8 e 9 de setembro.

Os espetáculos que compõem a Mostra são os seguintes: "Silvestres", dirigido por Silvero Pereira e Rafael Barbosa, com o Grupo 3 x 4 de Teatro, no dia 3 (sábado), às 16h e 18h; "Barrela", de autoria do dramaturgo Plínio Marcos, com direção de Edson Cândido e apresentação do Grupo Imagens, no dia 8 (quinta-feira), às 15h e 18h30; e "Navalha na carne", também de Plínio Marcos, com direção de Edson Cândido e encenação pelo Grupo Imagens, no dia 9 (sexta-feira), às 15h e 18h30.

A Mostra de Teatro Despudorado tem classificação indicativa de 18 anos para os três espetáculos. Será exigido documento de identificação (RG, CNH ou carteira profissional), no momento da entrega do ingresso.

Veja a seguir a sinopse dos três espetáculos:



Silvestres

Grupo 3X4 de Teatro (Fortaleza-CE)

Dia 03, sáb, 16h e 18h

Direção: Silvero Pereira e Rafael Barbosa

Mulher solitária e mal-amada desconfia de seu esposo. Dois homens se encontram em plena terça de carnaval. Na semana santa, uma mulher sai sozinha para um bar. O que está em questão é o desejo de viver, independente de quem somos e onde estamos, é a liberdade em sentir e realizar. Entretanto, nem tudo é permitido na sociedade em que vivemos. Classificação indicativa: 18 anos. 40min.


Barrela

Grupo Imagens (Fortaleza-CE)

Dia 08, qui, 15h e 18h30

Direção: Edson Cândido

Após uma briga de bar, um rapaz é jogado em uma cela imunda, repleta de perigosos marginais que, consumidos pela solidão e pelo abandono, deixam aflorar seus traumas e taras. Classificação: 18 anos. 60min.



Navalha na Carne

Grupo Imagens (Fortaleza-CE)

Dia 09, sex, 15h e 18h30

Direção: Edson Cândido

Ato único com três personagens: Vado, Neusa Sueli e Veludo. Um embate diário, poético e marginal entre uma prostituta, um cafetão e um criado homossexual, na guerra pela sobrevivência de seus instintos mais perversos e preciosos, um se servindo do outro. Classificação: 18 anos. 60min.


terça-feira, 16 de agosto de 2011

Lançamento - O Medo é uma Masturbação Mental



O Medo é uma Masturbação Mental
Como se Livrar dele para Sempre
de Giulio Cesare Giacobbe



Formato: 14x21 cm
Paginas: 256

Ano Publicação: 2011


O LIVRO
O medo é um tigre que nos persegue por toda a vida. Mas é um tigre de papel, uma grande fantasia mental. Quase todos os nossos temores são imaginários. O Medo é uma Masturbação Mental, de Giulio Cesare Giacobbe, mostra como se livrar deles para sempre.

Com uma abordagem divertida e realista, Giacobbe apresenta os principais sintomas que a dinâmica do medo (de qualquer tipo) produz na mente humana. O autor explica como esse sentimento é consequência de um processo de falência do crescimento e do desenvolvimento da personalidade adulta e que, assim como todas as masturbações mentais, acaba bloqueando as ações das pessoas.

Segundo Giacobbe, as pessoas, diferentemente dos animais irracionais, têm o hábito de criar uma imagem delas mesmas e do mundo à sua volta que nem sempre está em sintonia com a realidade. E é exatamente essa imagem que gera o medo, o grande inimigo da sociedade. A conclusão, ainda segundo o autor, é que o que de fato assusta não é real.

É inegável que o uso de um psicoterapeuta pode ser de ajuda fundamental no caso de masturbações mentais graves e preocupantes. A leitura deste livro, no entanto, é recomendável para quem deseja compreender como o medo surge e se enraíza na mente. Vale tentar pôr em prática imediatamente simples sugestões. Este é, portanto, o manual oficial da psicoterapia evolutiva.

O AUTOR
Giulio Cesare Giacobbe é psicoterapeuta. Fez graduação em filosofia na Itália e mestrado em psicologia nos Estados Unidos. Leciona fundamentos da psicologia oriental na Universidade de Gênova. É autor de uma série de livros sobre psicologia e relação homem-mulher. Como se tornar linda, rica e perua é seu livro de estréia no Brasil.

leia O Medo é uma Masturbação Mental - Primeiro Capítulo - aqui



um lançamento










evento - VEJA CURITIBA Comer & Beber chega às bancas


Edição será lançada no dia 25 de agosto, com evento de premiação para convidados no Espaço Torres

A revista VEJA CURITIBA Comer & Beber chega às bancas na segunda quinzena de agosto e premia com uma grande festa os destaques da gastronomia local.


No próximo dia 25 de agosto será lançada a edição 2011/2012 do especial VEJA CURITIBA Comer & Beber, o mais completo e qualificado roteiro de gastronomia da região.



Cerca de 700 convidados (entre eles os representantes dos estabelecimentos indicados, empresários, publicitários e personalidades locais, além da equipe de VEJA) vão participar do evento de lançamento, no ESPAÇO TORRES. Na ocasião, serão entregues os prêmios aos melhores de cada categoria apresentada no guia: Restaurantes, Bares e Comidinhas, em 32 especialidades diferentes.



O evento, que tem o patrocínio da BOHEMIA e do BANCO DO BRASIL, apoio nacional da TRAMONTINA e do CAFÉ TRÊS CORAÇÕES e apoio regional da NEXTEL e do GRUPO THÁ, integra-se ao calendário turístico da cidade, com uma premiação esperada pela região, que é um dos principais polos gastronômicos do país.



VEJA CURITIBA Comer & Beber elege os melhores restaurantes, os bares mais badalados e as mais deliciosas opções de comidinhas. A edição 2011/2012 reúne uma seleção de cerca de 650 endereços. Uma equipe de jornalistas percorre a cidade, fazendo um levantamento detalhado dos estabelecimentos. Simultaneamente, as casas de maior destaque são apontadas por um júri de especialistas formado por trinta personalidades – gourmets, empresários e profissionais liberais, além de pessoas ligadas à cultura e à sociedade curitibana, todos apreciadores da boa mesa e com capacidade para desempenhar a tarefa solicitada por VEJA. Trata-se, portanto, de uma revista feita por quem conhece Curitiba e sabe indicar o que há de melhor na cidade.



As especialidades que fazem parte da premiação 2011/2012 do especial VEJA Curitiba Comer & Beber são:



Restaurantes:



Árabe, Carne, Costelão, Cozinha Contemporânea, Francês, Italiano, Japonês, Oriental, Peixes e frutos do mar, Pizzaria, Variado, o restaurante Bom e barato, Carta de Vinhos e o Chef do Ano.



Bares:



Boteco, Carne de Onça, Carta de Cervejas, Cozinha, Happy Hour, Música ao Vivo, Para ir a dois, Para Paquerar e Bar Revelação.



Comidinhas:



Café, Café Colonial, Chocolate, Doceria, Frozen Yogurt, Padaria, Salgado, Sanduíche e Sorvete.




domingo, 24 de julho de 2011

evento 13/8 TRIXMIX VOLTA AO ESTÚDIO EMME



TRIXMIX

Projeto reúne conceituados artistas da nova cena circense,

burlesca e cômica reestréia dia 13 de agosto, sábado, no Estúdio Emme.



“SEXY AND AUDACIOUS” Time Out SP

“SURPREENDENTE E DIVERTIDO” Época SP

“ATMOSFERA DA BELLE EPOC” Veja Online

“O CABARÉ MAIS BADALADO DE SÃO PAULO” Estadão





Cheesecake – Pin up, burlesque, strip chic. Uma das atrações da noite estreia



O Trixmix é projeto que reúne no mesmo show

consagrados artistas da cena circense,

burlesca e cômica da atualidade,

para apresentações autorais.



Entre eles, profissionais que por anos

integraram o elenco

do Cirque du Soleil,

como o mímico e palhaço Claudio Carneiro

e a acrobata Natalia Presser,

que atua ao lado de Isabella Mucci,

do Corpus Acrobatic Theatre de Amsterdam.



O elenco também conta com o premiado

mágico Ricardo Malerbi,

o malabarista Marcelo Lujan, do Circo Amarillo e Zanni,

além das intervenções e improvisações

feitas pela Rubra e Banda Gigante.







ELENCO TRIXMIX 2011



Rubra e Banda Gigante

Humor e música com os mestres do improviso



Paula Miessa, Lívia Delgado e Letícia Leão

Bailarinas, belas e muito mais.



Claudio Carneiro

Mímico, ator e palhaço



Marcelo Lujan

Funanbulista, malabarista, musico e palhaço



Cheesecake

Pin up, burlesque, strip chic



Bel Mucci e Natalia Presser

Acrobatas aéreas.

Ricardo Malerbi

Mágico



TRIXMIX

2 edições mensais

Segundo e quarto sábados do mês



13 E 27 DE AGOSTO

10 E 24 DE SETEMBRO

8 E 22 DE OUTUBRO

12 E 26 DE NOVEMBRO

10 DE DEZEMBRO



Abertura da casa: 20h00 com dj e drinks

Início do Show: pontualmente às 21h

Duração do espetáculo: 90 minutos

Local: Estúdio Emme
Av. Pedroso de Moraes, 1036

Recomendação: 18 anos

INGRESSOS: R$ 50,00

Antecipados: www.compreingressos.com

Tel: 11. 2626.5835

Capacidade: 300 lugares
Entrada e assentos para deficientes / Serviço de Bar
Estacionamento:
R$ 15,00 - serviço de valet.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Lançamento - LIÇÕES DE SADE de Eliane Robert Moraes



LIÇÕES DE SADE
de Eliane Robert Moraes
No de Paginas:
164

Dotados de rara clareza, os ensaios de Eliane Robert Moraes configuram um olhar que privilegia a força imaginativa de Sade.

Publicada na clandestinidade, sentenciada ao fogo, proibida ou censurada, a obra do marquês de Sade restou condenada ao silêncio por quase dois séculos. Até hoje - quando o escritor "maldito" parece ter cedido vez ao "clássico" -, a indomável ficção sadiana ainda dá margem a especulações que, não raro, desembocam em equívocos. Desvios de tal natureza costumam reduzir o autor à idéia de sadismo, ora incorporada por discursos científicos, ora explorada pelo mercado. Visões comprometidas, sobretudo se prescindem da leitura atenta do mestre de todas as libertinagens. Nada mais oportuno, portanto, do que voltar às raízes do pensamento e da vida do polêmico marquês para compreender a trama perversa do seu imaginário - tão difícil de ser qualificado. Dotados de rara clareza, os ensaios de Eliane Robert Moraes configuram um olhar que privilegia a força imaginativa de Sade. Propositor de um erotismo sem precedentes, o criador da "Sociedade dos Amigos do Crime" funda um domínio único de expressão literária, marcado pelo excesso, cujos personagens devem ser compreendidos para além de qualquer alusão realista. Procurando contemplar essa visão, as reflexões aqui apresentadas circulam entre a literatura, a filosofia e a história, voltando atenção especial aos detalhes que constituem a impressionante arquitetura erótica proposta pelo escritor francês. Por isso mesmo, justifica-se o destaque dado a temas inesperados como as sociedades secretas da libertinagem, a alimentação dos devassos, ou a paisagem noir dos castelos do deboche. Essa diversidade também está presente nos comentários sobre as repercussões da obra sadiana, que constituem verdadeiro testemunho do seu efeito perturbador. Da exaltação do "divino marquês", promovida pelos surrealistas, às reflexões que lhe dedicaram Octavio Paz ou Roland Barthes, o que se percebe é a notável e seminal influência da imaginação libertina sobre muitos autores que lhe sucederam. Lidos em conjunto, os textos de Lições de Sade expõem o aprendizado de uma leitora exigente, que vem freqüentando a literatura libertina há duas décadas. Eliane Robert Moraes, dotada de estilo sagaz e elegante, revela uma sintonia fina com os ensinamentos sintetizados na frase de um dos mais lascivos personagens do marquês: "Toda a felicidade do homem está na imaginação". O mesmo vale para os leitores destas lições.

Leia um trecho do livro sobre o escritor francês publicado pela editora Iluminuras

O ponto de partida do ateísmo de Sade é o desamparo humano. Ninguém nasce livre; o homem, lançado ao mundo como qualquer outro animal, está “acorrentado à natureza”, sujeitando-se como um “escravo” às suas leis; “hoje homem, amanhã verme, depois de amanhã mosca” -tal é a condenação que paira sobre a “infeliz humanidade”. Ciente de que as religiões nascem desse sofrimento, o devasso sadiano prefere admiti-lo sem escapatórias para elaborar seu sistema. “Não bastará dar uma olhada em nossa miserável espécie humana, para melhor nos convencer de que nada nela anuncia a imortalidade?”, conclui ele no opúsculo “Do Inferno”. Contudo, como se antecipasse a célebre fórmula gramsciana -“pessimismo da razão, otimismo da ação”-, o libertino procura superar esse desamparo primordial explorando os prazeres do corpo até suas derradeiras potencialidades. A volúpia, ensina o devasso do “Diálogo” ao padre, é “o único modo que a natureza oferece para dobrar ou prolongar tua existência”. Apenas ela pode substituir a consolação que a promessa de vida eterna encerra para atenuar o sofrimento humano, assegurando ao ateu uma outra forma de permanência no mundo. “Tens a loucura da imortalidade?”, pergunta Madame de Saint-Ange a Eugénie em “La Philosophie dans le Boudoir”, lembrando que só o desregramento dos sentidos pode perpetuar o homem no universo. Sem a ilusão de encontrar outro mundo depois de morto, o moribundo do “Diálogo” transforma seu leito de morte em palco do prazer, onde a sensação de imortalidade deixa de ser uma quimera para alcançar o status de experiência. Fantasia derradeira que se produz no corpo do devasso, essa experiência cumpre o que a religião mantém apenas como promessa, realizando a sua loucura. Ao padre, uma vez convertido à libertinagem, resta a tarefa de dar continuidade -de corpo e alma- à subversão das leis humanas e divinas. Eis o que Sade chamará mais tarde, ao escrever “Justine”, de “o triunfo da filosofia”.


A AUTORA

Eliane Robert Moraes

É crítica literária e professora de estética e literatura na PUC-SP e no Centro Universitário Senac-SP. Publicou, entre outros, "Sade - A Felicidade Libertina" (Imago), "O Corpo Impossível" (Iluminuras/Fapesp, 2002) e "Lições de Sade - Ensaios Sobre a Imaginação Libertina" (Iluminuras, 2006).

É professora de Literatura Brasileira no Departamento de Letras Clássicas e Vernáculas da FFLCH da Universidade de São Paulo (USP), onde se graduou em Ciências Sociais (1984), e defendeu mestrado (1990) e doutorado (1996) em Filosofia. Foi professora titular da Faculdade de Comunicação e Filosofia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e também atuou como professora e pesquisadora visitante nas universidades da California em Los Angeles (UCLA, USA), de Perpignan Via Domitia (FR) e Nova de Lisboa (PT). Suas pesquisas concentram-se na interface entre Literatura e Erotismo e atualmente se dedica a investigar a erótica literária brasileira.

UM LANÇAMENTO

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Programação de shows do Alambique Cachaçaria BH



Fevereiro 2011**

Sábado - dia 12

Alessandro Calegari

Alambique Cachaçaria BH – Av. Raja Gabaglia, 3.200, Estoril, (31) 3296-7188. Abertura da casa: 21h. Pista: R$20 (feminino), R$30 (masculino). Camarote Heritage: R$30 (feminino) e R$50 (masculino).

Segunda-feira – dia 14

A casa não abrirá

Terça-feira – dia 15

Diogo & Danilo (sertanejo)

Alambique Cachaçaria BH – Av. Raja Gabaglia, 3.200, Estoril, (31) 3296-7188. Abertura da casa: 21h. Pista: R$20 (feminino – 100% off ao apresentar carteira da faculdade ou boleto bancário) e R$30 (masculino – 50% off ao apresentar carteira da faculdade ou boleto bancário). Camarote Germana: R$30 (feminino) e R$60 (masculino).

Quarta-feira – dia 16

Rodrigo Ribeiro e Toninho Moreira (sertanejo)

Alambique Cachaçaria BH – Av. Raja Gabaglia, 3.200, Estoril, (31) 3296-7188. Abertura da casa: 21h. Pista: R$15 (feminino – 100% off ao apresentar qualquer tipo de carteira de estudante até às 23h59) e R$25 (masculino). *Camarote open bar: R$55 (feminino) e R$95 (masculino). *(whisky 8 anos, espumante Salton, cachaça Germana, Ice, caipirinhas, chopp, refrigerante, água, cerveja e rodada de caldos).

Quinta-feira – dia 17

Marcelinho de Lima & Camargo (sertanejo)

Alambique Cachaçaria BH – Av. Raja Gabaglia, 3.200, Estoril, (31) 3296-7188. Abertura da casa: 21h. Pista: R$20 (feminino) e R$30 (masculino). Camarote Germana: R$30 (feminino) e R$60 (masculino).

Sexta-feira – dia 18

Renan & Rafael (sertanejo)

Alambique Cachaçaria BH – Av. Raja Gabaglia, 3.200, Estoril, (31) 3296-7188. Abertura da casa: 21h. Pista: R$15 (feminino) e R$25 (masculino). Camarote R$30 (feminino) e R$60 (masculino).

Sábado - dia 19

Lívia Cristo (Axé)

Alambique Cachaçaria BH – Av. Raja Gabaglia, 3.200, Estoril, (31) 3296-7188. Abertura da casa: 21h. Pista: R$20 (feminino), R$30 (masculino). Camarote Heritage: R$30 (feminino) e R$50 (masculino).

**Programação sujeita a alteração.

Classificação: Maiores de 18 anos portando documento com foto, menores de 18 anos acompanhados dos pais ou com irmãos maiores de 21 anos.

Confira no site as agendas semanais: www.alambique.com.br/programacao