segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Artimanhas da sedução - homossexualidade e exílio



Artimanhas da sedução - homossexualidade e exílio

de Karl Posso


Tradução: Marie-Anne Kremer (revisão de Karl Posso)
293 p.

Construído sobre sólido alicerce teórico e extremamente bem escrito e argumentado, este livro deverá impor-se como marco na crítica de orientação homoerótica. Muito mais do que uma leitura de quatro obras de Silviano Santiago e Caio Fernando Abreu, Artimanhas da sedução permanecerá por muito tempo como o estudo crítico definitivo das intersecções entre o posicionamento do homossexual e a condição do exílio. IMPERDÍVEL.






Nenhum comentário:

Postar um comentário